<BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d35921743\x26blogName\x3duma+penelope+nada+charmosa\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://omundopenelopecharmosa.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://omundopenelopecharmosa.blogspot.com/\x26vt\x3d-6084520345851817548', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><!-- --><div id="b-navbar"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-logo" title="Go to Blogger.com"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/logobar.gif" alt="Blogger" width="80" height="24" /></a><form id="b-search" action="http://www.google.com/search"><div id="b-more"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-getorpost"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_getblog.gif" alt="Get your own blog" width="112" height="15" /></a><a href="http://www.blogger.com/redirect/next_blog.pyra?navBar=true" id="b-next"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_nextblog.gif" alt="Next blog" width="72" height="15" /></a></div><div id="b-this"><input type="text" id="b-query" name="q" /><input type="hidden" name="ie" value="UTF-8" /><input type="hidden" name="sitesearch" value="omundopenelopecharmosa.blogspot.com" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/1/btn_search.gif" alt="Search" value="Search" id="b-searchbtn" title="Search this blog with Google" /><a href="javascript:BlogThis();" id="b-blogthis">BlogThis!</a></div></form></div><script type="text/javascript"><!-- function BlogThis() {Q='';x=document;y=window;if(x.selection) {Q=x.selection.createRange().text;} else if (y.getSelection) { Q=y.getSelection();} else if (x.getSelection) { Q=x.getSelection();}popw = y.open('http://www.blogger.com/blog_this.pyra?t=' + escape(Q) + '&u=' + escape(location.href) + '&n=' + escape(document.title),'bloggerForm','scrollbars=no,width=475,height=300,top=175,left=75,status=yes,resizable=yes');void(0);} --></script><div id="space-for-ie"></div>
sexta-feira, fevereiro 20, 2009

Paixão...
Uma mistura de querer e não querer. Um sentimento que te leva do ápice da calmaria à beira do abismo em segundos. Algo que vem não sei quando, não sei de onde e nem porquê, mas que chega com toda a força e arrasa até o mais fútil pensamento... Porém a paixão não se compara ao amor... Enquanto a paixão é passageira e insegura, o amor é algo que se cultiva com o tempo. É algo que se demora para construir e se fortalece a cada sorriso, palavra, gesto, carinho. Amor é algo mais que paixão. Quem viveu uma paixão não sabe o que é amar, mas, quem vive um amor, ahhh! Não precisa apaixonar-se... Basta viver tal amor intensamente que tudo se completa!

Amor...
Palavra tão curta que define um sentimento tão grande... Existe amor de mãe, de pai, de tio, de avô... Estes são os amores, digamos, "forçados", afinal, você não escolhe tais pessoas, mas, aprende o que é amar com elas. Mas, existem outros tipos de amor. O amor de amigo, por exemplo, que é um dos únicos amores, acredito eu, que se pode escolher. Um amigo é alguém que você escolhe em meio à tantas outras pessoas... O por quê de cada um? Isso só quem escolheu tal amigo pode dizer... Ou as vezes não. Agora, um amor que me intriga e as vezes me pego a pensar – pensar não, eu quase questiono a vida e não a mim – um amor que me dá um nó na cabeça é um amor que não é nem de pai, mãe ou irmão e nem de amigo. É algo mais forte que amizade. Algo que, por vezes, pode ser confundido com amizade, mas, não por muito tempo. As vezes esse amor surge do nada, como um raio de sol entre as nuvens de uma tempestade e quando se vê ele já tomou todo o teu céu e o fez ficar completamente azul e, então, você percebe que, sem tal luz, sua vida não seria a mesma... Este é um amor que não se pode escolher... Este, simplesmente, "acontece" quando menos se espera. As vezes os anos se passam e a gente não presta atenção nos "sinais" ou "detalhes". Amar é algo divino – diferente da paixão. Amar é dar-se sem esperar nada em troca, doar-se sem medida, nem que para isso seja preciso por em risco a própria vida. É preferir ver o dia lá fora passar, lindo, mas ficar deitado ao lado da pessoa amada só sentindo o que o amor faz com as pessoas. Amar é amar, apenas isso. 4 letras, 2 sílabas e uma simples palavra que carrega a importância de um sentimento GIGANTESCO... Um sentimento que deve ser compartilhado, afinal, pra quê tanto amor sem dividi-lo? Mas, amar... ahh... Amar é só isso!

(Natã Crivari)


é isso